Como escrever: Mais ou mas? Quando usar

Mais ou mas? Saiba aqui como escrever corretamente estas duas palavras. É bom saber que elas existem na língua portuguesa. Confira de maneira bem simples como usar mais ou mas, com (i) e sem (i).

Estas duas palavras estão corretas desde que usadas de maneira adequada na frase, este é mais um caso de palavras homônimas e parônimas.




Como escrever: Mais ou mas?

Mais usa-se no sentido de adição
Mas no sentido de porém, todavia, contudo, entretanto

Mas ou mais?
Imagem: Freepik


Mais 

É um pronome, advérbio de intensidade, conjunção coordenativa . Refere-se sempre a uma noção de quantidade ou intensidade, excesso. É antônimo de menos, significa ainda os outros, os demais, os restantes.
  • Ela sempre compra as roupas mais caras da loja 
  • Vou sair os mais que se decidam 
  • Vou viajar mais meu primo 

Mas 

Funciona como uma conjunção adversativa, devendo ser usada em situações de oposição. Pode ser substituído por porém, entretanto, no entanto e contudo.
  • Eu sempre estive bem, mas você nunca perguntou. 
  • A violência está crescendo muito, mas não deixo de me divertir.
Também tem função de adverbio, quando indica reforço ou ênfase (ex.: estou cansado, mas muito cansado; mas que estupidez).

Dica extra: Quando usar a vírgula com “mas”!

Usa-se vírgula antes de “mas” entre duas orações. Exemplos:

– O carro não era meu, mas de um amigo. 
– A obra foi bem planejada, mas esqueceram alguns detalhes.

Usa-se vírgula depois de “mas” quando se intercalar oração ou adjunto adverbial de certa extensão na oração adversativa. Exemplos:

– A empresa era bem administrada, mas, por falta de recursos, não se modernizara. (veja que a vírgula também aparece antes porque são mais de uma oração)

– A natureza é mãe generosa e boa, mas, todas as vezes que a maltratamos, castiga-nos impiedosamente. (a vírgula também aparece antes pelo mesmo caso do exemplo acima)

Não há vírgula depois de “mas” no início do período, em frases do tipo: “Mas como ele conseguiu dominar a rebelião?”/”Mas que crimes cometera ele para ser tão odiado?” (observação: fique atento! Escrever “mas” no início do período, muitas vezes, é incorreto. Exemplo (do que não fazer): “Ele não foi ao teatro. Mas ao cinema.”. O correto é: Ele não foi ao teatro, mas ao cinema”.)
Share on Google Plus

About Marilucia Santos

Blog destinado para todos que querem aprender de forma fácil e prática a nossa tão amada e odiada língua portuguesa. Aqui você tira suas principais dúvidas ortograficas.

0 comentários:

Postar um comentário

- Os comentários deste blog são todos moderados;
- Escreva apenas o que for referente ao tema;
- Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
- Identifique-se.