Redundâncias: O que é, exemplos e como evitar

Redundâncias: O que é, exemplos e como evitar - A redundância é um artifício da língua portuguesa que deve ser evitada a todo custo, uma vez que passa a impressão de que o texto ou a fala é fraca, rasa, vazia e pobre de conteúdo.

A redundância, nada mais é do que a repetição de uma ideia já explícita no texto. Logo, não há motivo de você reforçar a ideia, mesmo que seja para enfatizar. Por isso que, muitas vezes a redundância é comparada com o uso de sinônimos.

Redundâncias: O que é, exemplos e como evitar

Não há nada de errado em utilizar sinônimos no texto para produzir um conteúdo rico, entretanto, não se pode exagerar e repetir uma ideia inúmeras vezes. Dependendo do gênero utilizado, pode até ser que seja necessária a redundância, mas em um texto formal, ao utilizar esse vício de linguagem, você pode perder nota.

A redundância pode impedir que o texto fique claro e com qualidade e, acima de tudo, cansativo de ler para o leitor, comprometendo o seu objetivo de passar uma informação, seja ela qual for.

O mais interessante é que a redundância pode passar despercebida na língua falada e escrita. O motivo é simples: ela passa a se tornar corriqueira, comum, fazendo parte do nosso dia a dia.


Na língua falada, a redundância é mais comum porque falamos muitas coisas inconscientemente, logo, no texto escrito é preciso maior atenção para que o texto esteja claro.

Exemplos de redundância

A seguir você irá observar quais são os exemplos de redundância mais praticados atualmente. Talvez você já tenha se reparado com:

• Subir para cima;
• Descer para baixo;
• Gelo gelado;
• Conclusão final;
• Elo de ligação;
• Ganhar grátis;
• Protagonista principal;
• Repetir de novo;
• Planejar antecipadamente;
• Surpresa inesperada;
• Metades iguais;
• Encarar de frente;

Como evitar as redundâncias

Como já dito, a redundância é um vício de linguagem que precisa evitado, já que compromete a qualidade do seu texto por completo. É indicado que o texto seja lido algumas vezes a fim de revisá-lo e corrigir possíveis redundâncias. Já no que diz respeito à língua falada, é necessário ficar atento e se autocorrigir!
Share on Google Plus

About Admin

Blog destinado para todos que querem aprender de forma fácil e prática a nossa tão amada e odiada língua portuguesa. Aqui você tira suas principais dúvidas ortograficas.

0 comentários:

Postar um comentário

- Os comentários deste blog são todos moderados;
- Escreva apenas o que for referente ao tema;
- Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
- Identifique-se.